quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

ACIDENTE FATAL: Mulher morre ao cair de caminhão


       Um acidente fatal ocorreu nesta manhã de quarta 13, na rodovia que liga a cidade de Riacho de Santo Antônio à BR 104. Um caminhão que trafegava no sentido Riacho de Santo Antônio ao fazer uma curva na localidade conhecida como "Do Ramo", a porta se abriu e foi arremessada ao chão a Sra. Maria Dalva de Sousa, 48 anos, conhecida como "Dalva Preta", residente na Rua Projetada s/n - Gameleira - Alcantil PB.    A mulher que levava uma criança de 07 anos no colo teve morte imediata e a criança foi socorrida por uma ambulância  dando entrada às 7h40min no Hospital  de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes em campina Grande. De acordo com um cunhado da vítima, haviam três pessoas no veículo além da criança, e quando passavam na curva a porta se abriu e caíram a mulher e a criança. A criança teve ferimentos leves por ter caído sobre o corpo da mulher. Ainda segundo informações, as vítimas estariam de carona indo para a cidade de Riacho de Santo Antônio onde participariam de uma "festinha" da escola de uma das netas da Sra. Dalva. O condutor do veículo que por triste ironia do destino é filho da vítima, ele não sofreu nenhum ferimento físico, porém o psicológico nesse momento está sem dúvidas perturbado.


sábado, 2 de dezembro de 2017

Câmara de vereadores: Sessão é realizada dessa vez com toda a bancada de situação e oposição

     Nesta sexta 01 de Dezembro realizou-se mais uma Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Alcantil. Inicialmente foi apresentado o Projeto de Lei que cria  o Conselho Municipal Anti Drogas, que foi aprovado em 2012, mas sofreu alterações recentemente após um movimento iniciado  pelo  Conselho Tutelar  de Alcantil que obteve apoio dos setores da Segurança Pública como Polícia Civil e Militar, além do Poder Executivo municipal através do Gabinete do Prefeito e secretarias municipais. O projeto foi distribuído para a análise da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara  Municipal, para ser votado  na próxima sessão.

É necessário lembrar que dessa vez todos os vereadores estavam presentes , o que passamos a entender que tudo voltou a sua normalidade.
      Em seguida o Presidente falou sobre a  LOA (Lei de Diretrizes Orçamentárias) que chegou atrasada na Câmara e que terá que ser votada antes do recesso. Também foi apresentado um Projeto de Lei que sugere a concessão de bolsas para universitários estagiários no serviço público, de autoria do vereador Willian Henrique. O vereador Willian também apresentou dois requerimentos, um que pede a criação do PCCR (Plano de Cargo Carreira e Remuneração) para os profissionais da saúde e outro que pede uma audiência pública para discutir o problema de abastecimento d'água da cidade, que posteriormente cobrará a conclusão das obras por parte do Governo do Estado.  Ambos os requerimentos foram aprovados por unanimidade.

O vereador Jânio  apresentou três requerimentos: Um que pede o cumprimento de pelo menos metade da carga horária determinada nos contratos dos médicos que não são cumpridas, onde eles chegam à unidade de saúde, atendem um determinado número de pacientes e em seguida vão embora deixando a população descoberta pelo serviço.  Este foi aprovado pela maioria, apenas o vereador Edivaldo Amaro se absteve de votar.  O segundo requerimento pede a construção de uma quadra poliesportiva na comunidade de Barra de Aroeiras para  incentivar a prática de esportes especialmente pelos jovens daquela localidade. O Terceiro requerimento do Vereador Jânio, que pode ser transformado em Projeto de Lei, pede que sejam priorizados atendimentos nas repartições públicas para as mães de crianças com necessidades especiais, pois as mesmas precisam na maioria das vezes, voltarem rápido pra suas residências para cuidar de seus filhos. Todos foram aprovados por unanimidade.

Em seguida o Presidente colocou em votação as comissões onde novos membros foram escolhidos ficando com a seguinte formação:

ORÇAMENTO E FINANÇAS

PRESIDENTE:  Vereador Jânio
VICE: Vereador josé Francisco (chico)
RELATOR: Francinaldo Carlos (sil)

OBRAS E SERVIÇOS

PRESIDENTE: Ismael Robson
VICE: Romonoval Alves
RELATOR: Elias Rafael

CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA

PRESIDENTE: Francinaldo Carlos
VICE: Inácio Capibaribe
RELATOR: Edivaldo Amaro (dal)

      Foi facultada a palavra aos vereadores e  o Vereador Romonoval iniciou falando sobre os requerimentos apresentados por ele que pede a limpeza das barragens e reclamou sobre a falta de incentivo por parte do executivo para o esporte;

O Vereador Jânio falou sobre os requerimentos apresentados por ele e em seguida agradeceu ao comparecimento do público presente, depois reforçou o pedido que as sessões sejam transmitidas para o público de casa;

O Vereador Francinaldo em sua fala cobrou aos vereadores da situação que tomassem providência sobre os documentos e equipamentos que foram levados da Câmara, para que não seja necessário a intervenção da justiça.

       Os quatro vereadores da situação não quiseram se pronunciar e então o Presidente fez uso da palavra onde reforçou o apelo para que sejam devolvidos  os pertences da casa que até o momento não foram entregues.  Também relembrou a sessão em que foi cassado o mandato do então vereador Moisés Marques, que foi  substituído pelo suplente, e que o falecido presidente Milton Almeida não havia comunicado oficialmente à justiça  e que o atual presidente terá que fazê-lo sob pena de  responder judicialmente caso não o faça. Willian também registrou que encontrou contas atrasadas de luz, telefone, locação do veículo do antigo presidente, além do repasse do INSS que está em média três meses atrasado e que o contador está atualizando tudo para serem  providenciados os pagamentos. Em seguida ele apresentou um novo notebook, uma impressora além de materiais de expediente que foram comprados por ele para dar agilidade aos trabalhos na casa. Falou ainda da necessidade de ampliar o prédio e trocar os móveis que estão deteriorados. Lembrou ainda que a prefeitura não enviou os balancetes desde Setembro e que o prazo para entrega é até o dia 30 de cada mês, e pediu aos vereadores da base do Prefeito que o pressionem para mandar os balancetes o quanto antes.
       Por fim, agradeceu a presença de todos e reforçou o convite para a próxima Sessão Ordinária em 15 dias.

asabranca87

sábado, 25 de novembro de 2017

Aos 45 do 2º tempo: Município de Alcantil recebe mais unidades sanitárias

           O município de Alcantil recebeu verba no valor de 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) do Ministério da saúde através da FUNASA (Fundação Nacional de saúde) para implantação de melhorias sanitárias domiciliares. Este recurso foi um  pleito do ex prefeito  Zé Ademar, emenda individual do Dep. Federal Wellington Roberto (PR - PB).

           O convênio de nº 831121 (SIAFI) que teve início da vigência em 30 de  Dezembro de 2016, com final em 31 de Dezembro de 2019. A primeira parcela no valor de R$ 125.000,00 foi liberada no dia 19 de Janeiro de 2017 e a última também no valor de R$ 125.000,00 no último dia 17 de Novembro do corrente ano. A Prefeitura de  Alcantil entrou com uma contrapartida no valor de 2.000,00 (dois mil reais).


Segundo  o Portal da Transparência do governo Federal,  a obra está em execução mas  não dispomos da informação  sobre o local onde está sendo executada.


asabranca87 

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Tribunal de Contas do Estado publica decisão à favor do Vereador Willian e mais uma Sessão é realizada sem a bancada de situação

      Nesta Sexta 17, realizou-se mais uma Sessão da Câmara Municipal de Alcantil.  Inicialmente o Presidente Willian Henrique leu na Tribuna a Decisão que foi publicada no Diário oficial do Tribunal de Contas do Estado, onde foi decidido em favor dos atos dos vereadores da oposição nos últimos dias. Havia uma Medida Cautelar onde determinava o afastamento do Vereador Willian Henrique, onde o Relator, seguindo o texto das denúncias feitas pelo então Vice Presidente  Sr. Edivaldo Amaro, suspendeu os procedimentos ou execução de despesas praticadas pela mesa diretora atual. Em resumo, após verificados os documentos apresentados pelo Vereador Willian Henrique, foi comprovado que os vereadores cumpriram com as determinações contidas  no Regimento Interno da Casa Legislativa.

Veja o Texto abaixo:


         Após ler todo o documento enviado pelo Tribunal de Contas, o Presidente Willian Henrique reiterou que à partir daquele momento a Câmara de Vereadores terá que ter respeito, e que os vereadores deverão cumprir com suas obrigações sob pena de serem tomadas as medidas cabíveis. E seguida o presidente autorizou a Secretária a ler a Ata da Sessão anterior do dia 03 de Novembro para sua aprovação, o que obteve unanimidade entre os  vereadores presentes. Após a aprovação da Ata, o Presidente leu o Salmo nº 5.  Em seguida, para dar procedimento à Sessão, o vereador Romonoval Alves pediu ao Presidente que fosse iniciada uma "Tribuna Livre', onde três pessoas do plenário pudessem fazer uso da palavra.  O Sr. Manoel Barbosa usou a Tribuna, parabenizando os vereadores e ao mesmo tempo cobrando dos vereadores ausentes mais responsabilidade e conclamou que o povo que os elegeram cobrassem dos mesmos o seu compromisso.  O segundo a usar a palavra foi o Conselheiro Tutelar Carlos Cruz, que inicialmente parabenizou ao Presidente, em seguida registrou a insatisfação do povo com a paralisação dos trabalhos naquela Casa Legislativa, registrou também a insegurança e os problemas com as drogas no município onde ao invés dos vereadores estarem elaborando leis e documentos para reivindicarem dos órgãos superiores a efetivação das políticas, estavam travando uma luta interna pelo poder. Finalizou dizendo que cabe ao povo julgar os atos de cada representante que foi colocado naquela casa.

      O presidente deu procedimento facultando a palavra aos vereadores, iniciando pelo vereador Jânio que pediu que o Presidente apoiasse os demais vereadores na hora de colocarem requerimentos que venha a atender os anseios do povo, povo esse que sofre opressão, que sente a falta de compromisso por parte dos políticos e eles estarim ali para representá-los fazendo com que não faltem medicamentos, que tenham médicos nos postos de saúde, e que esses médicos trabalhem de forma eficiente e de preferência as oito horas já que todo funcionário é obrigado a cumprir essa carga horária.  Em seguida o Vereador Romonoval usou a palavra registrando que mais uma vez os vereadores da situação não compareceram e que o Presidente tomasse as medidas cabíveis. Registrou também que em breve as Sessões poderão ser acompanhadas pela internet por aqueles que não puderem ir até a Câmara.  O vereador Elias Rafael foi o terceiro a usar a tribuna, e já começou lamentando a falta dos demais vereadores e lembrou que vai junto com os outros quatro da oposição, trabalhar pelo povo e fazer a diferença. 
O vereador Francinaldo Carlos disse em sua fala  que gostaria de ver o compromisso dos demais vereadores e já cobrou do executivo, providências à respeito do ônibus que transporta os estudantes está andando com uma superlotação pelo fato de um outro ônibus estar há mais de 15 dias quebrado no Distrito de Lagoa do Jucá. Também cobrou providência sobre a "Cisterna do Exército", na comunidade do Jucá que fica fechada com cadeado e  nem todo mundo tem tempo de ir buscar água no horário que a pessoa responsável quer distribuir. Após as falas dos vereadores, o Presidente apresentou os requerimentos  que chegaram à sua mesa onde foram cobradas providências por parte do Secretpario de Educação quanto à superlotação dos ônibus escolares, de autoria do próprio Presidente, depois um requerimento do Vereador Jânio que cobra uma reparação em toda a iluminação pública tanto da sede quanto das comunidades rurais. Outro  requerimento foi do vereador Francinaldo Carlos que pediu iluminação para a entrada do acesso à estrada do Jucá nas márgens da BR 104 mais precisamente no sítio Narciso, hustificando a escuridão para quem transita naquela área e que existe uma rede elétrica bem próximo ao local. O Vereador Elias requereu as providências sobra a distribuição de água no Jucá, que o Exército seja procurado para resolver os problemas por ele elencados no requerimento. 
O último requerimento apresentado foi o do Vereador Noval que pede a limpesa dos açudes tanto da zona urbana quanto da zona rural para que estejam preparados para quando as chuvas chegarem, além de cobrar que o executivo conserte as máquinas e os ônibus que estão quebrados. Todos os requerimentos foram aprovados por unanimidade.  Em seguida o Presidente argumentou sobre os trâmites das ações junto ao Tribunal de Contas do Estado, por parte do Vereador Edivaldo Amaro, e registrou que já forneceu uma cópia da decisão para o mesmo, falou também sobre melhoramentos que deverão ser feitos na estrutura da Casa Legislativa, e que serão cumpridos os pagamentos que estão pendentes assim que estiver com os recursos em mãos. 

Foi encerrada a Sessão ficando a próxima marcada para o dia 01 de Dezembro.

asabranca87

sábado, 11 de novembro de 2017

INSEGURANÇA: Mais um roubo de veículo em Alcantil

imagem meramente ilustrativa
       Nesta tarde de Quinta 09, por  volta das 18:00h aconteceu mais um assalto à mão armada. Dessa vez a vítima popularmente conhecido como "Negão de Biu Preto", ao voltar do centro da cidade, quando chegava em frente à sua residência na Av.  São José em Gameleira, foi surpreendido por três homens que chegaram em um veículo fiat strada de cor cinza, que com arma em punho anunciaram o assalto mandando que a vítima saísse do carro, um fiat siena de cor cinza ano e modelo 2010, placas KKD 0178, Pernambuco. "Negão" estava junto com sua esposa e seu neto no momento da abordagem, o que o preocupou ainda mais. ele pediu para os assaltantes deixarem ele tirar o neto de dentro do carro, e os assaltantes permitiram, mas sempre com uma arma apontada para sua cabeça. Em seguida os mesmos seguiram, segundo informações com destino ao Estado do Pernambuco. O proprietário ainda está transtornado com o acontecido e lamentando por não ter seguro no veículo. Alguma informação ligue para 83 986814504, ligue para o 190 Polícia Militar.







domingo, 5 de novembro de 2017

Câmara de Vereadores de Alcantil realiza Sessão Ordinária e bancada de situação mais uma vez não comparece

        Na última Sexta feira 03, aconteceu mais um capítulo da "saga" da mesa da Câmara de  Vereadores de Alcantil.  Como é regimental, aconteceu a Sessão Ordinária.
        Os vereadores de oposição compareceram em massa, porém os quatro da situação mais uma vez não compareceram para cumprir seus deveres de dar continuidade aos trabalhos daquela casa.   Conforme o Regimento, foi dado um acréscimo de 15 minutos antes do início da Sessão até que pudesse chegar algum vereador, porém sem êxito.

Diante do público presente, os vereadores presentes realizaram uma nova cerimônia de posse do vereador Willian Henrique, conforme orientação da assessoria jurídica, onde todo procedimento que havia sido feito antes na calçada da casa, dessa vez aconteceu no interior da mesma. O vereador Elias Rafael assumiu a mesa por ser o vereador atualmente mais votado,  deu procedimento empossando o vereador Willian, em seguida foi marcada uma nova eleição da mesa onde foi apresentada a mesma chapa da última tendo como presidente o vereador Willian, vice o vereador Francinaldo Carlos, o vereador Jânio como primeiro secretário e o vereador Elias como segundo secretário. 



Momento do Juramento
                  Em seu pronunciamento já como presidente, o vereador Willian mais uma vez agradeceu aos pares pela confiança nele depositada em conduzir aquela casa durante o final do primeiro biênio e aproveitou para já tomar algumas medidas como: aprovar a ata da sessão realizada dia 28 de Setembro onde inclusive foi empossado o suplente Francinaldo Carlos que assumiu como titular ocupando a vaga do ex-vereador Moisés Marques.  Em seguida o presidente extinguiu os cargos criados pela mesa anterior, deixando a permanência apenas da  Sra. Maria do Carmo (Carminha) como zeladora pois a mesma está desde a primeira legislatura naquela função. Logo após, o presidente anunciou a nova secretária e o novo tesoureiro da câmara. Outro ato do presidente foi suspender um decreto que havia na casa onde não era permitido filmar, fotografar ou gravar as sessões para divulgar em redes sociais, onde segundo ele, era um ataque à democracia, e ressaltou ainda que estudaria a possibilidade de transmitir as sessões para aqueles que não puderem ir até a Câmara, ficarem informados de tudo o que acontece por lá. O presidente também estuda a possibilidade de realizar sessões semanais e não mais quinzenalmente como acontece atualmente.
 
          Quanto à ausência dos quatro vereadores da  situação que tem faltado às sessões sem justificativa, o presidente lembrou que estão sendo contadas as faltas e que poderão sofrer descontos nas remunerações além de outras punições que estão previstas no regimento da casa. Também foi registrado na ocasião, a falta de alguns equipamentos que são patrimônio como: microfones, caixa de som, computador, notebook, um gravador digital, um aparelho de tv e o mais grave de tudo que é o livro de atas que também não foi encontrado  nas dependências, o que deverá acarretar em medidas cabíveis punitivas para que sejam recuperados. A situação era de abandono, registramos os arquivos da casa espalhados dentro caixas de papelão pelo chão, as bandeiras inclusive foram pregadas com fita durex na divisória pois os respectivos mastros não foram encontrados.

Veja as fotos abaixo:



Sala dos arquivos




asabranca87

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Carga de cerveja avaliada em R$ 226 mil é apreendida em Alcantil, PB



Auditores do Posto Fiscal da Receita Estadual de Alcantil apreenderam uma carga de cerveja avaliada em R$ 226 mil sem Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (Danfe).

Segundo informações do motorista, que não apresentou documentação, a origem da carga é do Rio Grande do Norte com destino ao Paraná, mas foi apreendida no Posto de Alcantil, na BR 104, que fica na divisa entre os Estados da Paraíba e de Pernambuco, pertencente à jurisdição da 3ª Gerência Regional da Receita Estadual, com sede em Campina Grande.

A carga apreendida sem documento fiscal recebeu autuação e foi encaminhada ao depósito da Receita Estadual em Campina Grande. O valor do ICMS e da multa do produto somou R$ 82,5 mil.

A operação foi coordenada pela equipe do auditor fiscal Alexandre Magno, composta pelos auditores Isa Polisna, Alynthor de Lima e Enivaldo Figueiredo.

Fiscalização intensificada – A Secretaria de Estado da Receita tem intensificado o trabalho de fiscalização nos postos fiscais e também com as equipes de Mercadorias em Trânsito com vistas a combater à sonegação fiscal neste último trimestre do ano, principalmente com foco em circulação de mercadorias sem o recolhimento do ICMS devido ao não emitir os documentos fiscais ou então pela utilização de documentação fiscal inidônea.

*FONTE: www.clickpb.com.br